X
Agende seu Exame ou Consulta
Whatsapp
E-mail
Clique aqui
Clique aqui
FALE CONOSCO

Entre em contato com nossa equipe de atendimento, será um prazer atendê-lo!

Otorrinolaringologia

Horários para realização do exame

  • De segunda a sexta, das 07h00 as 20h00
  • Sábado, das 07h00 as 12h00
  • Agende pelos telefones (41) 3335-2624 ou (41) 3016-2624

Horários para realização do exame

  • De segunda a sexta, das 07h00 as 20h00
  • Sábado, das 07h00 as 12h00
  • Agende pelos telefones (41) 3335-2624 ou (41) 3016-2624

Horários para realização do exame

  • De segunda a sexta, das 07h00 as 20h00
  • Sábado, das 07h00 as 12h00
  • Agende pelos telefones (41) 3335-2624 ou (41) 3016-2624

Horários para realização do exame

  • De segunda a sexta, das 07h00 as 20h00
  • Sábado, das 07h00 as 12h00
  • Agende pelos telefones (41) 3335-2624 ou (41) 3016-2624

Horários para realização do exame

  • De segunda a sexta, das 07h00 as 20h00
  • Sábado, das 07h00 as 12h00
  • Agende pelos telefones (41) 3335-2624 ou (41) 3016-2624

Esse exame é indicado frente à obstrução nasal, sinusite/ rinossinusite, sangramento nasal, além de ser a melhor forma de avaliar a adenoide e a perviedade das tubas auditivas.

Exame da garganta e das cordas vocais por meio de uma fibra ótica flexível com projeção das imagens num televisor. Proporciona avaliação Está indicado para avaliação de pacientes com queixa de rouquidão, roncos noturnos, apnéia do sono, tosse crônica, desconforto na garganta.

É um exame de vídeo indicado para avaliar a garganta (faringe e a laringe) e as pregas vocais.

Através da nasofribrolaringoscopia observa-se a funcionalidade de estruturas como o palato mole, faringe e laringe, propiciando a visualização também de estase salivar em valécula e seios piriformes, penetração ou aspiração de saliva, secreções e alimentos na laringe, assim como alterações de sensibilidade e reflexo, além da adução e abdução das pregas vocais.

O tratamento da epistaxe segue uma escala ascendente: rinoscopia anterior com cauterização química ou elétrica, tamponamento nasal anterior, eletrocoagulação guiada por endoscópio nasal, tamponamento nasal posterior ou tratamento cirúrgico (embolização ou ligadura arterial) à medida em que os métodos mais simples falham no controle da hemorragia.

O tratamento do cerume é feito através de lavagem auricular ou remoção com curetas. A utilização de ceruminolíticos (emolientes) apenas facilita a remoção do cerume através da lavagem e está indicada quando a rolha de cerume está muito seca e difícil remoção.