fbpx
X
Estamos atendendo normalmente!
Psicologia na gerontologia no cuidado da saúde mental de idosos: promovendo o envelhecimento saudável e ativo

O envelhecimento populacional é uma realidade cada vez mais presente na sociedade contemporânea. Segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS), até 2050, a população idosa será de 2 bilhões de pessoas em todo o mundo. Com o aumento da expectativa de vida, a atenção com a saúde dos idosos se torna uma prioridade, especialmente no que se refere à saúde mental, onde a psicologia na gerontologia vem fazendo a diferença. 

A psicologia na gerontologia é uma especialidade da psicologia que se dedica ao estudo e tratamento dos problemas psicológicos e emocionais que afetam os idosos. Essa especialidade tem como objetivo principal promover o envelhecimento saudável e a qualidade de vida dos idosos, contribuindo para a prevenção e tratamento de problemas como a depressão, ansiedade, estresse e demência. 

Um dos principais desafios da psicologia na gerontologia é lidar com as dificuldades que surgem com o envelhecimento, tais como a perda de autonomia, a diminuição das capacidades físicas e mentais, a aposentadoria, a perda de entes queridos, entre outros. Essas mudanças podem gerar sentimentos de tristeza, angústia, solidão e isolamento social, que podem afetar negativamente a saúde mental dos idosos. 

A psicologia na gerontologia tem uma abordagem multidisciplinar e utiliza diversas técnicas terapêuticas, como a terapia cognitivo-comportamental, a terapia ocupacional, a musicoterapia, a arteterapia e a terapia familiar, entre outras. O objetivo dessas técnicas é estimular o envelhecimento ativo e saudável, melhorar a autoestima, reduzir o estresse e a ansiedade, melhorar a comunicação e a relação interpessoal, além de prevenir e tratar doenças relacionadas à saúde mental. 

É importante ressaltar que a psicologia na gerontologia não se limita ao tratamento de problemas de saúde mental, mas também busca promover a autonomia e a independência dos idosos, incentivando a prática de atividades físicas e mentais, a socialização e a participação em grupos de convivência e projetos sociais. Dessa forma, é possível prevenir o aparecimento de problemas de saúde mental e melhorar a qualidade de vida dos idosos. Segundo a Psicóloga Joice Peters da InCórpore Centro Médico em Curitiba “Somos seres únicos e irrepetível, e é importante que nosso caminho seja percorrido de forma leve e equilibrada. Portanto, devemos estar atentos a sinais como tristeza, apatia, baixa autoestima e ansiedade, que podem indicar a necessidade de ajuda profissional. Nesse sentido, marcar uma avaliação com um psicólogo é fundamental para cuidar da nossa saúde mental e longevidade.” 

Portanto, a psicologia na gerontologia é uma especialidade importante no cuidado com a saúde mental dos idosos. A busca por um atendimento especializado e multidisciplinar pode contribuir para uma vida mais saudável e feliz na terceira idade. É importante ressaltar que os idosos merecem atenção, cuidado e respeito em todas as etapas da vida, especialmente na velhice, e que o trabalho da psicologia na gerontologia é fundamental para proporcionar uma vida plena e digna aos idoso.

São mais de 37 áreas médicas e 35 diferentes exames para atendê-lo por inteiro, não espere para tratar da sua saúde, use a prevenção a seu favor com a ajuda de quem te propõe qualidade de vida.  Agende sua consulta ou exame pelo nosso aplicativoInCórpore Saúde disponível na (App Store e Play Store), pelo nosso WhatsApp ou se preferir pelo telefone (41) 3335-2624

Feito por Alexsander Castilho



Popup Image