fbpx
X
Estamos atendendo normalmente!
Como tratar hérnia de disco?

A hérnia de disco é uma condição comum que afeta milhões de pessoas em todo o mundo. Trata-se de um problema na coluna vertebral em que ocorre uma protusão ou ruptura do disco intervertebral, resultando na compressão dos nervos adjacentes e causando dor intensa e outros sintomas. 

O tratamento adequado da hérnia de disco é essencial para aliviar a dor, melhorar a função e promover a recuperação.

Existem várias abordagens para tratar a hérnia de disco, e a escolha do tratamento depende da gravidade dos sintomas, das características individuais do paciente e das recomendações médicas. 

Em muitos casos, a maioria dos pacientes pode encontrar alívio por meio de métodos conservadores e não cirúrgicos.

Uma das principais opções de tratamento é a terapia física, que pode incluir exercícios específicos e alongamentos para fortalecer os músculos ao redor da coluna vertebral, melhorar a postura e aliviar a pressão sobre os discos. 

Além disso, a fisioterapia também pode envolver técnicas de mobilização e manipulação da coluna para reduzir a compressão nervosa e promover a cura.

Medicamentos também são frequentemente utilizados no tratamento da hérnia de disco. Analgésicos, anti-inflamatórios e relaxantes musculares podem ajudar a aliviar a dor, reduzir a inflamação e relaxar os músculos tensos ao redor da coluna. 

No entanto, é importante lembrar que o uso de medicamentos deve ser sempre supervisionado por um profissional de saúde, pois alguns podem ter efeitos colaterais indesejados.

Em casos mais graves ou quando os tratamentos conservadores não são eficazes, pode ser necessário considerar opções cirúrgicas. 

A cirurgia pode envolver a remoção do disco herniado (discectomia) ou até mesmo a fusão espinhal para estabilizar a coluna vertebral. Esses procedimentos visam aliviar a pressão sobre os nervos e restaurar a função normal da coluna.

Além dos tratamentos convencionais, muitas pessoas também buscam terapias complementares para auxiliar no tratamento da hérnia de disco, como acupuntura, quiropraxia, massagem terapêutica e osteopatia. 

Essas abordagens podem ajudar a aliviar a dor, melhorar a mobilidade e promover o bem-estar geral.

 

Em resumo, o tratamento da hérnia de disco envolve uma abordagem multidisciplinar que visa aliviar a dor, melhorar a função e promover a recuperação. 

A escolha do tratamento adequado deve ser feita em consulta com um profissional de saúde, levando em consideração a gravidade dos sintomas, a saúde geral do paciente e as opções disponíveis. 

Com os cuidados e tratamentos adequados, muitas pessoas conseguem encontrar alívio da dor e retomar uma vida ativa e saudável.

 

Causas e sintomas da hérnia de disco

A hérnia de disco é uma condição dolorosa que ocorre quando um dos discos intervertebrais, localizados entre as vértebras da coluna vertebral, sofre uma protusão ou ruptura. 

Essa protusão pode levar à compressão dos nervos adjacentes, resultando em sintomas desconfortáveis. Para compreender melhor a hérnia de disco, é importante explorar suas causas potenciais e os sintomas associados a ela.

As causas da hérnia de disco podem variar, mas geralmente estão relacionadas ao processo de envelhecimento e ao desgaste gradual dos discos intervertebrais. 

Conforme envelhecemos, os discos começam a perder a elasticidade e a flexibilidade, tornando-se mais suscetíveis a danos. 

No entanto, a hérnia de disco também pode ser desencadeada por fatores como levantar objetos pesados de forma inadequada, movimentos bruscos da coluna, trauma ou lesões nas costas.

Os sintomas da hérnia de disco podem variar dependendo da localização e gravidade da protusão. Alguns dos sintomas mais comuns incluem dor aguda ou lancinante na região afetada, geralmente nas costas, pescoço ou membros inferiores, como pernas ou braços. 

A dor pode piorar ao realizar movimentos como flexionar, esticar ou torcer a coluna. Além disso, a hérnia de disco pode causar formigamento, dormência e fraqueza muscular na área afetada. 

Em casos mais graves, pode haver dificuldade de controle dos movimentos ou perda de sensibilidade. Outros sintomas associados à hérnia de disco podem incluir limitação de movimentos, rigidez, espasmos musculares e sensação de queimação. 

Em alguns casos, a hérnia de disco também pode afetar os nervos que controlam os órgãos internos, resultando em sintomas como incontinência urinária ou fecal, disfunção sexual e alterações na função intestinal.

É importante ressaltar que nem todas as pessoas com hérnia de disco apresentam sintomas, e muitos casos podem ser assintomáticos. No entanto, se os sintomas mencionados forem experimentados, é fundamental buscar avaliação médica para um diagnóstico adequado e um plano de tratamento adequado.

Tratamentos cirúrgicos

Em casos mais graves de hérnia de disco, quando os sintomas não melhoram com os tratamentos conservadores ou quando há complicações adicionais, pode ser necessário considerar opções de tratamento cirúrgico. 

A cirurgia é geralmente recomendada quando a hérnia de disco causa compressão grave dos nervos ou quando há comprometimento neurológico significativo.

Um dos procedimentos cirúrgicos mais comuns para tratar a hérnia de disco é a discectomia. Nessa intervenção, o cirurgião remove parte ou todo o disco herniado que está pressionando os nervos. 

A discectomia pode ser realizada por meio de diferentes técnicas, como a microdiscectomia, que utiliza incisões menores e um microscópio para melhor visualização durante o procedimento. 

A remoção da parte herniada do disco alivia a pressão sobre os nervos e pode proporcionar alívio significativo da dor.

Outro procedimento cirúrgico comum é a laminectomia, também conhecida como descompressão lombar. Nesse caso, o objetivo é remover o osso ou tecido que está comprimindo os nervos espinhais. 

Durante a laminectomia, o cirurgião remove parte da vértebra ou do arco ósseo adjacente ao disco herniado, ampliando o espaço disponível para os nervos. Esse procedimento ajuda a aliviar a pressão sobre os nervos e a reduzir os sintomas associados à hérnia de disco.

Em alguns casos, especialmente quando há instabilidade na coluna vertebral ou quando há uma grande quantidade de disco herniado, pode ser necessário realizar uma fusão espinhal. 

A fusão espinhal envolve a remoção do disco herniado e a fusão dos ossos adjacentes, utilizando enxertos ósseos e implantes metálicos. Esse procedimento tem como objetivo estabilizar a coluna vertebral e aliviar a pressão sobre os nervos.

Embora a cirurgia possa ser eficaz no alívio dos sintomas da hérnia de disco, é importante ressaltar que nem todos os pacientes com essa condição necessitam de intervenção cirúrgica. 

A decisão de realizar uma cirurgia deve ser cuidadosamente avaliada pelo médico, levando em consideração a gravidade dos sintomas, a resposta aos tratamentos conservadores e o impacto na qualidade de vida do paciente.

 

Estilo de vida saudável para a saúde da coluna

Um estilo de vida saudável desempenha um papel crucial na promoção da saúde da coluna vertebral e na prevenção de problemas como a hérnia de disco. Adotar hábitos saudáveis pode ajudar a manter a coluna forte, flexível e livre de lesões. 

Aqui estão algumas medidas importantes que podem ser implementadas para promover uma coluna saudável.

Uma alimentação balanceada é fundamental para a saúde geral do corpo, incluindo a coluna vertebral. 

Uma dieta equilibrada, rica em nutrientes essenciais, pode fortalecer os ossos e os tecidos da coluna, fornecendo os elementos necessários para sua saúde e manutenção. 

Inclua alimentos como frutas, legumes, grãos integrais, laticínios com baixo teor de gordura e proteínas magras em sua dieta diária. O controle de peso também desempenha um papel importante na saúde da coluna. 

O excesso de peso coloca uma carga adicional sobre os discos e as articulações da coluna, aumentando o risco de desenvolver problemas como hérnia de disco. 

Manter um peso saudável por meio de uma alimentação equilibrada e da prática regular de exercícios pode reduzir o estresse sobre a coluna e prevenir lesões.

Evitar o sedentarismo é crucial para manter a saúde da coluna. A falta de atividade física enfraquece os músculos que sustentam a coluna, tornando-a mais suscetível a lesões e problemas degenerativos. 

Engajar-se em exercícios regulares, como caminhadas, natação, ioga ou pilates, pode fortalecer os músculos das costas, melhorar a postura e aumentar a flexibilidade da coluna.

O tabagismo também pode afetar negativamente a saúde da coluna. Fumar reduz a circulação sanguínea para os discos intervertebrais, prejudicando sua capacidade de se recuperar de lesões e aumentando o risco de degeneração. 

Parar de fumar pode melhorar a circulação sanguínea, ajudando a manter a saúde da coluna.

Além desses aspectos, é importante manter uma postura adequada durante as atividades diárias, seja sentado, em pé ou levantando objetos. Manter uma boa postura pode aliviar a pressão sobre a coluna e reduzir o risco de lesões.

Em resumo, adotar um estilo de vida saudável é essencial para a saúde da coluna vertebral. Uma alimentação balanceada, controle de peso, prática regular de exercícios, evitar o sedentarismo e parar de fumar são medidas importantes para prevenir problemas como a hérnia de disco e manter uma coluna forte e flexível. 

Ao implementar essas mudanças saudáveis em seu dia a dia, você estará cuidando da sua coluna e promovendo uma vida mais ativa e livre de dores.

 

Conclusão

Ao explorar os diferentes tópicos relacionados à saúde da coluna vertebral, como tratamentos conservadores, cirúrgicos e um estilo de vida saudável, fica evidente a importância de cuidar da coluna para evitar problemas como a hérnia de disco. 

A adoção de hábitos saudáveis, como uma alimentação balanceada, controle de peso, atividade física regular, postura adequada e a eliminação do tabagismo, pode fazer uma grande diferença na prevenção e no cuidado da saúde da coluna.

Na Incórpore são mais de 37 áreas médicas, entre elas, a ortopedia com o Dr. Andre Luis Menezes Schwansee Thiele  especialista em Ortopedia e Traumatologia, não espere para tratar da sua saúde, use a prevenção a seu favor com a ajuda de quem te propõe qualidade de vida.  Agende sua consulta ou exame pelo nosso aplicativo InCórpore Saúde disponível na (App Store e Play Store), pelo nosso WhatsApp ou se preferir pelo telefone (41) 3335-2624