fbpx
X
Estamos atendendo normalmente!
A importância de manter a vacinação em dia

O surgimento da pandemia causada pelo Coronavírus (COVID-19) mostrou a importância e o impacto da vacinação na saúde da humanidade.

O que é vacina?

Historicamente, doenças fazem parte do dia a dia do ser humano, podendo afetar o indivíduo, e também todos que o rodeiam. Contudo, ao longo dos anos surgiram experiências que mostraram que essas enfermidades poderiam ser combatidas não somente com remédios, mas principalmente com a prevenção.

E a essa solução foi dada o nome de vacina, que com segurança e eficiência fortalece o sistema imunológico e os anticorpos a partir de agentes da própria doença. Dessa forma, o organismo é protegido da patologia sem que seja necessário ser acometido pela doença.

Tipos de vacina

Na cartilha de vacinação do indivíduo são indicadas as vacinas obrigatórias na infância, como:

  • BCG, ideal para prevenir a tuberculose ainda na maternidade;
  • Tríplice Viral, que evita sarampo, caxumba e rubéola assim que a criança completa 1 ano, devendo ser reaplicada em campanhas de vacinação ;
  • VOP, aplicada oralmente, previne a paralisia infantil (também chamada de poliomelite), sendo aplicada em três doses.

Inclusive, também há vacinas recomendadas para adolescentes, como:

  • Contra tétano, que evita a infecção resultante de machucados ou lesões;
  • Contra febre amarela, que é de suma importância principalmente em regiões endêmicas, ou seja, que podem ter surtos da doença;
  • Hepatite B, que resulta em vários sintomas como vômitos, dor de cabeça e surgimento de câncer de fígado (em casos mais graves);
  • HPV, usada para evitar que a doença sexualmente transmissível ( DST) Papilomavírus Humano acometa tanto o sexo feminino quanto o masculino.

Inclusive, para idosos, há vacinas que são recomendadas, como:

  • influenza, muito procurada principalmente em períodos frios ou durante o inverno;
  • contra pneumonia, que previne contra infecções respiratórias, o que no caso de pessoas mais velhas pode ser fatal;
  • dupla adulto, que evita que a difteria (que afeta a região da garganta, como amígdalas)  e o tétano se desenvolvam.

Por que é importante manter em dia?

A vacina é uma das formas mais eficientes de garantir que doenças, principalmente as contagiosas, não atinjam uma grande quantidade de indivíduos. Com essa imunização, evita-se que as enfermidades se propaguem e causem surtos (muitas ocorrências de uma mesma patologia em uma localidade específica), epidemias (há muitos casos em determinadas regiões, mas é passível de controle) ou pandemias (alastramento sem controle).

Inclusive, também reduz a mortalidade, número de infectados e evita que haja sequelas, o que ocorre na paralisia infantil, por exemplo.

Conclusão

Crianças, adolescentes, adultos e pessoas idosas de ambos os sexos podem estar suscetíveis a doenças desde seu nascimento. Por essa razão, torna-se obrigação de pais e responsáveis garantir a sua imunização desde cedo, garantindo a prevenção de diversas doenças, além de seus impactos na saúde.

Contudo, ao longo do tempo, principalmente durante a fase adulta, muitas pessoas deixam de manter a vacinação em dia, o que pode resultar na propagação de enfermidades. Deve haver uma checagem periódica pelo indivíduo das vacinas necessárias, além de participação de campanhas.

Ter essa consciência é necessário, uma vez que buscar fortalecer o sistema imunológico ao longo de toda a vida é não apenas uma forma de manter bem a saúde, mas também de proteger todos ao redor.



Popup Image