X
Agende seu Exame ou Consulta
Whatsapp
E-mail
Clique aqui
Clique aqui

Muitos fatores podem levar a formação de varizes.

Estilo de vida, ocupação profissional e fatores relacionados a saúde, todos  podem levar a formação de varizes e teleangiectasias em pessoas predispostas. Mas para as mulheres em particular, alterações hormonais são muito importantes neste aspecto. Estas alterações  que ocorrem principalmente durante a puberdade, gestação e menopausa, afetam a quantidade de sangue corpórea e seu fluxo pelas veias.

Puberdade e doença venosa

A puberdade causa alterações nos níveis hormonais, e alguns destes podem causar um enfraquecimento das paredes das veias. Estas, enfraquecidas, com a pressão causada pelo fluxo sanguíneo, podem se dilatar, causando as varizes. Adotar uma nutrição saudável e exercícios regulares, podem ajudar a manter as veias com um mínimo de alterações durante a adolescência e os anos de adulto jovem.

Gestação e doença venosa 

Gestação e a principal causa de varizes em pessoas com predisposição. Resultando num grande aumento dos hormônios circulantes, esta causa também num aumento da quantidade de sangue circulante, predispondo as veias a dilatar. Na mulher gestante, o útero cresce e sobrepõe pressão nas veias adjacentes, forcando estas a trabalhar mais para o retorno do sangue para o coração. A boa noticia e que as varizes da gestação tipicamente melhora nos três primeiros meses após o parto, entretanto estas podem piorar após cada gravidez.

Os efeitos do tratamento hormonal

Utilizar estrogênio, progesterona e pílulas anticoncepcionais também podem alterar a parte hormonal e os vasos sanguíneos, enfraquecendo as paredes venosas, levando a formação das varizes. Exercício físico continuado, habitos alimentares saudáveis, com ingestão de fibras, elevação das pernas algumas vezes ao dia, massagens ou drenagens, podem retardar ou amenizar o aparecimento e sintomas das varizes.

 

Por Dr. Claudio Jacobovicz