X
Agende seu Exame ou Consulta
Whatsapp
E-mail
Clique aqui
Clique aqui

A Associação Brasileira de Alergia e Imunologia (ASBAI) alerta para um dos tipos mais comuns de alergia: o relacionado a cosméticos. Esmaltes, lápis de olho, batom, tinta para cabelo estão entre os mais relatados.
As reações causadas por cosméticos podem ser de dois tipos:
– Dermatite de Contato Irritativa: é mais comum e se caracteriza por coceira, queimação e sensação de “picadas”, surgindo logo após a aplicação do produto.
– Dermatite de Contato por hipersensibilidade: resulta da sensibilização alérgica e não depende de ação irritante ou tóxica do produto sobre a pele.
Um dado importante é que a alergia não aparece na primeira vez em que é usado o produto, mas sim com o passar do tempo. Os principais sintomas das alergias a cosméticos são: vermelhidão na pele, inchaço, formação de bolhas, coceira.
Várias substâncias usadas na pele, como perfumes, cremes e cosméticos, são mais reativas se expostas à luz solar, podendo causar as chamadas fotodermatites.
“Ainda temos outras dificuldades, como, por exemplo, os rótulos desses produtos, que trazem informações confusas, em uma linguagem desconhecida do público leigo”, conta a Coordenadora de Assuntos Comunitários da Associação Brasileira de Alergia e Imunologia (ASBAI), Dra. Fátima Emerson.

Além disso, podem ocorrer reações cruzadas. Cito a alergia à tintura de cabelo, que é muitas vezes causada por uma substância chamada parafenilenodiamina, usada como fixador. Tatuagens de henna são populares no verão, tanto em adultos como em crianças, pelo fato de serem temporárias e consideradas sem riscos. Porém, alguns tipos de henna negra recebem a adição de parafenilenodiamina, com objetivo de tornar a secagem mais rápida e realçar o desenho. Contudo, as tatuagens temporárias que contém altas taxas desta substância são mais agressivas ao organismo, com maior chance de provocar alergia.
Confira algumas dicas de prevenção:
– Use produtos de qualidade certificados pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa);
– Guarde os cosméticos em lugar fresco e protegido da luz solar;
– Não use produtos que estejam com o prazo de validade vencido;
– Não compartilhe maquiagens com outras pessoas.
– Não use perfumes quando for à praia ou quando se expuser ao sol.
– Se tiver dúvidas sobre um determinado cosmético, peça orientação ao seu alergista, para evitar reações desagradáveis.

Fonte: ASBAI – Associação Brasileira de Alergia e Imunologia