fbpx
X
Estamos atendendo normalmente!
Diferenças entre Cirurgia Plástica Estética X Reparadora

 

A cirurgia plástica se destaca como um dos campos mais concorridos e procurados da medicina. Ela é composta por dois tipos específicos, que são a cirurgia estética e a cirurgia reparadora.

 

Assim sendo, a cirurgia plástica estética se destina a fazer procedimentos capazes de melhorar as características físicas do paciente. Já a cirurgia plástica reparadora possui, como principal função, reparar e restaurar condições físicas e funcionais que podem atrapalhar a rotina e a vida cotidiana de um indivíduo.

 

Logicamente, como toda cirurgia que se preze, os dois tipos possuem vantagens e desvantagens, e a sua aplicação deve ser bastante estudada pelo profissional que irá realizá-la. 

 

Se você está em busca de algum desses procedimentos, confira, no texto a seguir, como tomar a decisão correta sobre qual é a cirurgia mais adequada para as suas intenções. Boa leitura!

 

Introdução à cirurgia plástica

 

A cirurgia plástica é o uso médico de métodos plásticos e reconstrutivos para melhorar a aparência física humana. Os dois principais objetivos da cirurgia plástica são melhorar a aparência geral e a função do paciente. 

 

Dessa maneira, a cirurgia plástica pode mudar as características faciais, alterar o tamanho ou a forma de uma parte do corpo, ou melhorar determinadas condições. 

 

A cirurgia estética é o tipo mais comum de cirurgia plástica. Ela se concentra na aparência externa do corpo. Já a cirurgia reconstrutiva é um tipo mais complexo, que visa corrigir defeitos congênitos ou restaurar a função após uma doença ou lesão ter afetado o corpo.

 

O que é Cirurgia Plástica Estética?

 

A cirurgia plástica estética geralmente se concentra em melhorar a aparência e as características de uma pessoa. É um tipo de cirurgia plástica que visa alterar as condições externas do rosto, mãos ou outras partes do corpo de uma pessoa. 

 

Os procedimentos estéticos podem ser usados para melhorar a aparência geral de uma pessoa, mas muitas vezes não são necessários para corrigir um problema médico que causa mau funcionamento do paciente. 

 

Eles também são às vezes chamados de cirurgia estética ou cirurgia reconstrutiva. Algumas pessoas usam estes termos de forma intercambiável, mas existem algumas diferenças importantes entre eles. 

 

A cirurgia estética concentra-se apenas na melhoria das características externas. A cirurgia reconstrutiva visa corrigir anormalidades ou defeitos no corpo causados por doenças, lesões ou outros fatores.

 

O que é Cirurgia Plástica Reconstrutiva?

 

A cirurgia reconstrutiva é um tipo de cirurgia plástica que visa corrigir defeitos ou anormalidades no corpo. Pode ser utilizada para melhorar o funcionamento após uma doença, acidente ou outros fatores que tenham causado danos ao corpo do paciente.

 

Vantagens e Desvantagens da Cirurgia Plástica Estética e Reconstrutiva

 

Tanto a cirurgia plástica estética como a reconstrutiva possuem muitos benefícios e riscos. A principal diferença entre as duas é que a cirurgia estética se concentra na melhoria das características externas, enquanto a cirurgia reconstrutiva se destina à correção de defeitos ou problemas que podem atrapalhar a rotina diária do paciente.

 

Atualmente, tanto a cirurgia plástica estética quanto a reconstrutiva se tornaram mais populares do que no passado. É provável que esta tendência continue, pois o campo da cirurgia plástica continua a crescer. 

 

Cada vez mais pessoas estão escolhendo a cirurgia plástica estética, sem contar a cirurgia plástica reconstrutiva, que desponta como uma aliada para resolver questões mais complexas do que a aparência. 

 

O paciente, através da cirurgia plástica estética, consegue ter a aparência desejada ou aproximada, melhorando a autoestima. Muitas pessoas escolhem esse tipo para mudar as mais diferentes questões visuais. 

 

Essa cirurgia melhora a forma ou o tamanho dos lábios, seios, nádegas ou genitais, impulsionando a recuperação do bem-estar e da harmonia estética do paciente. Alguns procedimentos cosméticos também são às vezes chamados de cirurgia plástica.

 

Tipos de Procedimentos Estéticos e Reconstrutivos

 

Há muitos tipos diferentes de procedimentos estéticos e reconstrutivos. Os médicos podem usar a cirurgia estética para melhorar a aparência de um paciente, ou para torná-los mais felizes com a própria condição física, reduzindo o desconforto com o envelhecimento normal. 

 

Já a cirurgia reparadora promove a devolução do déficit funcional do paciente, e pode ser aplicada nas mais diferentes situações, como reconstrução de órgãos (como orelha e nariz), tratamento de sequelas de queimaduras, e cirurgias dermatológicas, pós-bariátricas e nas mãos, por exemplo.

 

Considerações ao escolher uma Cirurgia Plástica Estética ou Reconstrutiva

 

Antes de se submeter a qualquer tipo de cirurgia plástica, é importante pesar os riscos e benefícios do procedimento. Também é importante considerar os custos da cirurgia e quaisquer possíveis efeitos colaterais que se possa desenvolver. 

 

Antes de escolher um dos dois modelos, deve-se entender os prós e os contras de ambos os procedimentos. Muitas vezes é útil consultar um cirurgião plástico que seja especialista em ambas as áreas. 

 

Os procedimentos estéticos podem, frequentemente, ser realizados em pessoas de qualquer idade. Entretanto, a cirurgia plástica reconstrutiva é feita somente em pessoas com mais de 18 anos de idade.