fbpx
X
Estamos atendendo normalmente!
Para que serve a vacina BCG?

A imunização desde o nascimento é uma das melhores formas de impedir o surgimento de doenças.

Desde os primeiros meses de vida, é preciso seguir o cronograma de vacinação para que na infância ou ao longo da vida adulta, não surjam enfermidades. Isso ocorre, pois as vacinas são as responsáveis pelo fortalecimento do sistema imunológico e estímulo da produção de anticorpos.

A vacina BCG, tríplice viral e VOP são algumas das principais vacinas obrigatórias, devendo ser aplicadas antes da fase adulta. Mas você sabe para que serve a vacina BCG? Descubra neste post da Incórpore Centro Médico.

Para que serve?

Conhecida pela marca que é deixada no braço, a BCG também é chamada de Bacillus Calmette-Guérin. Sua importância está relacionada à prevenção da tuberculose desde o nascimento, evitando que haja quadros graves da doença (como meningite) e até morte.

O bebê é exposto a muitos riscos de contaminação assim que sai da maternidade, por isso é necessário cumprir o calendário de vacinação com disciplina.

O que é tuberculose?

É uma doença que afeta pulmões, mas que pode se propagar para outras regiões do corpo, o que a torna perigosa principalmente para recém-nascidos.

A principal causa dessa enfermidade é a bactéria Mycobacterium tuberculosis, também chamada de bacilo de Koch. É considerada contagiosa, sendo transmitida pelor ar por pessoas acometidas pela doença.

Tipos

Embora somente uma bactéria seja a responsável pela doença, há diversos tipos de tuberculose, que se diferenciam principalmente pelo sintomas e regiões que afeta:

  • pulmonar, é a mais comum e concentra-se nos pulmões, afetando drasticamente a respiração;
  • ganglionar, caracteriza-se pelo adoecimento das células de defesa (gânglios),
  • óssea, afeta a estrutura óssea, e principalmente as articulações,
  • miliar, afeta a pele, podendo gerar alteração da superfície externa,
  • pleural, está relacionada à infecção dos pulmões, especificamente a pleura.

Principais sintomas

São inúmeros os indícios gerais de tuberculose, sendo os mais comuns os seguintes:

  • febre;
  • dificuldade para respirar;
  • presença de catarro;
  • dores na região do peito ou nos ossos;
  • tosse constante e intensa por duas semanas ou mais;
  • emagrecimento;
  • nódulos,
  • problemas respiratórios diversos.

Contudo, vale lembrar que muitas pessoas não apresentam sintomas, e além disso, mesmo com a bactéria, nem todos desenvolvem a patologia.

Tratamento

Atualmente há cura para a tuberculose, sendo preciso um tratamento medicamentoso prolongado (cerca de 6 meses) e acompanhamento médico. Um dos maiores enganos relacionados à doença é a interrupção dos medicamentos quando os sintomas param. Entretanto, enquanto há a presença das bactérias, é preciso manter os remédios, o que exige disciplina do paciente.

Conclusão

É fundamental manter as vacinações em dia e respeitar os cronogramas. Doenças podem se propagar rapidamente quando são contagiosas, por isso, mantenha a saúde preservada e realize o tratamento adequadamente, caso necessário.