fbpx
X
Estamos atendendo normalmente!
Chocolate: faz bem ou faz mal?

O calendário vira e a Páscoa está aí novamente: uma data marcada pelo aumento do consumo de chocolates de todos os tipos. Ao leite, meio amargo, com passas, crocante, recheado…

Afinal de contas, chocolate faz bem ou faz mal?

A princípio, o consumo moderado dessa delícia pode apresentar uma série de benefícios, principalmente se houver mais cacau na composição.

Um estudo realizado na Universidade da Califórnia em 2012 mostrou que o chocolate é rico em calorias e pode fornecer a energia necessária para encarar o dia e até ajudar no emagrecimento.

Em suma, a pesquisa revelou que os voluntários que ingeriram pequenas doses de chocolate, numa frequência de duas vezes por semana, indicaram um Índice de Massa Corporal (IMC) menor que os outros voluntários.

Nesse sentido, para adequar a saúde ao prazer, o segredo é a moderação.

Confira alguns benefícios desta oitava maravilha do mundo:

Coração mais forte. O chocolate possui poderosos antioxidantes e isso melhora o fluxo de sangue no coração.

Sistema nervoso central calibrado. Rico em teobromina, uma substância com efeitos semelhantes à cafeína, o chocolate ajuda também a prevenir o Alzheimer.

Bem estar nas alturas. Estudos comprovam que o chocolate ajuda a liberar serotonina, endorfina e dopamina, hormônios relacionados ao relaxamento.

Pressão arterial diminui. O óxido nítrico é um gás que relaxa as artérias e a digestão do chocolate também ajuda a produzir essa substância.

Aumenta o colesterol bom HDL e diminui o colesterol ruim. O chocolate evita a formação de placas de aterosclerose pois possui efeito antioxidante e cardioprotetor.

Agora, ouça o que o Dr. Wilton tem a dizer sobre colesterol aqui na TV InCórpore.

O chocolate é riquíssimo e uma ótima opção para nutrir o corpo com muita energia e sabor.

Um estudo da Academia Americana de Neurologia teve ótimos resultados. Foi comprovada a eficácia de tomar duas xícaras de chocolate quente por dia na prevenção do Alzheimer, justamente porque melhora o fluxo sanguíneo no cérebro de pessoas idosas.

Outro estudo na Universidade de Cambridge também encontrou boas conclusões. Segundo a pesquisa, o chocolate está associado à redução de 37% dos riscos de doenças do coração, além de diminuir em 29% as chances de um acidente vascular cerebral (AVC).

Seja como for, sempre que ocorrer alguma dúvida, entre em contato com nossa equipe de atendimento! São profissionais dispostos a encontrar a melhor alternativa dentre as mais de 30 especialidades médicas do Centro Médico InCórpore. 

Sobretudo, mantenha sua saúde em dia! Entre em contato pelo telefone (41) 3335-2624 ou WhatsApp (41) 99828-1051.